In Personal

Faculdade: Mitos e Realidades || M's Back to School #1


Olá! Para dar início à série Back to School aqui pelo blog (e sim, caso alguém queira saber, esta série também se irá prolongar para o meu canal do YouTube), decidi trazer-vos mais uma publicação sobre a minha experiência na faculdade, pois já percebi que são das vossas publicações favoritas. Hoje, vamos falar sobre mitos e sobre realidades, vamos falar sobre as frases mais comuns associadas a esta época da nossa vida, onde as irei comparar com a experiência que tenho vivido ao longo destes meus dois anos de faculdade! E, claro, se a vossa experiência tiver sido diferente em algum dos parâmetros, não hesitem em contar nos comentários!


Assumption #1: "Estes vão ser os melhores anos da tua vida."

Mito. Já perdi a conta às vezes que ouvi alguém dizer "aproveita enquanto podes, estes são os melhores anos da tua vida" e eu, sinceramente, não podia discordar mais. Como é que eu posso definir os melhores anos da minha vida aos 20 anos? Ainda tenho tanto para viver, e quem sabe o que me espera quando estes anos acabarem... Não deixem que ninguém defina o período de tempo onde têm de se sentir felizes, pois não só a faculdade não é um período agradável para todos (e não há problema nenhum nisso), como também ainda existe muito tempo à vossa frente para ser vivido e aproveitado.

Assumption #2: "Os professores não querem saber de ti."

Meio mito, meio realidade. Como em tudo na vida, depende imenso da pessoa em questão, pois é algo extremamente subjetivo. Tanto tenho professores que me acompanham há dois anos e ainda nem sabem o meu nome, como tenho professores que só me acompanharam durante uns meses e são capazes de me perguntar se o meu blog está a correr bem, quando os encontro de passagem pelo corredor. 

Assumption #3: "É impossível conciliar vida social com estudos."

Mito. Vocês já sabem que eu sou uma grande apologista de uma boa organização de tempo, por isso, na minha opinião, nada é "impossível de conciliar", é tudo uma questão de equilíbrio: evitar exageros, perceber onde estamos a gastar tempo desnecessário (essas horas passadas a fazer scroll no Instagram, por exemplo) e ter a noção clara das nossas prioridades.

Assumption #4: "Vais ter de passar muitas noites sem dormir."

Mito. Em dois anos de faculdade, não abdiquei nem de uma única hora de sono para ficar a estudar, a acabar trabalhos ou simplesmente a preparar-me para uma avaliação. Lembram-se daquela minha dica de adiantar todos os prazos que nos dão? Resulta. Resulta mesmo muito.

Assumption #5: "Vais gastar muito mais dinheiro do que planeias."

Realidade. Se há anos onde é verdadeiramente difícil poupar, para mim, tem sido este período da nossa vida. Em primeiro lugar, porque ainda não temos nenhuma fonte estável de onde possamos receber dinheiro e, mesmo para os que a têm, muito provavelmente será utilizada para abater as despesas da faculdade. Em segundo lugar, a quantidade de despesas fixas é interminável: propinas, livros, fotocópias, material de estudo, renda da casa, luz, água, Internet, alimentação, etc.,etc.,etc... E a lista continua.

Assumption #6: "Vais deixar de falar com os teus amigos do secundário."

Realidade. Foi quando cheguei à faculdade que me apercebi de que quantidade não é propriamente sinónimo de qualidade, foi aqui que passei a valorizar a importância de um bom (e pequeno) círculo de amigos que se mantém constante ao longo da nossa vida. Para além das pessoas que nos marcam verdadeiramente nos diversos períodos da nossa vida, e também conheci pessoas no secundário assim, passamos a valorizar as amizades "estáveis" às amizades que só se mantém com a sorte das circunstâncias.

Assumption #7: "Se queres ser alguém, tens de ir para a faculdade."

Mito. Contra mim falo ao considerar esta frase um mito, mas, na verdade, não acredito que a faculdade seja essencial ao desenvolvimento pessoal de todos nós. Se te vês aos 18 anos com um talento em mãos, com uma carreira com possibilidade de ascensão, ou qualquer outro tipo de situação, existe mesmo a necessidade de parares tudo isso durante 3 anos simplesmente para teres um diploma (que provavelmente até será desnecessário) no teu currículo? Não tomes a faculdade com uma etapa obrigatória da tua vida se esta não te vier acrescentar nada de positivo à tua realização pessoal e profissional.

Assumption #8: "Vais ter cadeiras que não servem para nada."

Realidade. E depois de falarmos de assuntos tão sérios e pessoais, bem, há que acabar isto com algum sentido de humor... Porque sim, nem todas as disciplinas que estão presentes no currículo do curso são efetivamente importantes para o teu futuro. Existem cadeiras que foram simplesmente criadas para desafiar a nossa paciência e capacidade de perseverança ou, pelo menos, é isso que digo a mim mesma para justificar o tempo perdido.

Conheces mais alguma assumption que gostavas de ver comentada segundo a minha experiência? Diverti-me imenso a escrever esta publicação e quem sabe se não virá uma parte dois para a próxima série Back to School!

xoxo,


Related Articles

4 comentários:

  1. Acho que a única com que não concordo é a sexta, mas acho que isso depende muito das pessoas. Os meus amigos mais próximos do secundário (e até do básico) continuam a sê-lo, porque todos nos esforçámos para que isso acontecesse. É claro que não estamos juntos com tanta frequência, mas esforçamo-nos para que tal aconteça.
    Gostei imenso deste post!

    Beijinhos,
    dreamcatcherblog2.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é ótimo, é sinal que encontraste pessoas que se identificam contigo nessa altura. Também mantenho ligação com algumas pessoas, mas, lá está... Passei a valorizar grupos mais pequenos!
      Obrigada! Beijinhos

      Eliminar
  2. Estando à beira de entrar na faculdade com 27 anos *fazendo figaaas* adorei ler esta publicação. Só ando assustada com a quantidade de dinheiro que vou gastar, mas de resto estou mega entusiasmada! Quero mais publicações do género! <3

    ResponderEliminar
  3. Vou agora em setembro para a faculdade e adorei este post! Já me tinham falado do primeiro mito e acho uma estupidez fazerem tanta pressão sobre serem os melhores anos da nossa vida. E quanto a gastar muito dinheiro é das minhas maiores preocupações!
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Thank you so much!