quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Comprar em Segunda Mão: As Melhores Dicas | Versão Lojas Online


Depois de uma versão dedicada às lojas físicas, chegou a hora de abordarmos o outro lado da indústria da moda em segunda mão: o comércio online. Não podia deixar de vos admitir que, apesar de reconhecer todas as maravilhas por detrás do e-commerce, enquanto consumidora tenho um especial apego ao físico. Poder ver a peça, tocar-lhe, apreciar montras... Tudo isso ainda mexe comigo. Não obstante, reuni algumas dicas focadas no universo online - dado o seu crescimento e popularidade entre a maioria dos consumidores - que permitem realizar compras mais inteligentes em segunda mão. Desde redes sociais a sites de compra e venda, se pode ser comprado através um clique, então está incluído nesta publicação. 

1. Usa os filtros a teu favor

Contrariamente às lojas físicas, uma das grandes vantagens do online é que não precisas de ver cada peça para descobrires algo que se adeque a ti. Na verdade, os filtros (de tamanho, cor, tipo de peça, etc.) permitem-te fazer uma pesquisa bastante mais rápida e eficaz, sem o medo de deixares alguma coisa por ver. 

No entanto, não sejas também demasiado restritivo naquilo que procuras. Por exemplo, relativamente ao tamanho, filtra sempre as peças através de um intervalo - ou seja, se vestes o 38, inclui também os filtros 36 ou 40; ou, com as cores, inclui tons semelhantes - se procuras algo castanho, inclui os laranjas ou os amarelos. Isto porque tanto as peças podem estar mal categorizadas, como algo que se encontra noutra categoria pode também adequar-se àquilo que procuras.


2. Mantém-te "online"

Todos sabemos que os melhores achados rapidamente desaparecem. Não só a procura por peças em segunda mão tem crescido imenso, como o tráfego de um site ou de uma rede social consegue ser muito superior ao número de pessoas que estão numa loja. Assim sendo, é importante manteres-te atualizado e ires refrescando a página das tuas lojas favoritas.

Vários sites dão-te a capacidade de colocares alertas quando uma peça nova chega ou, no caso de redes sociais como o Instagram, podes sempre ativar as notificações das tuas lojas secondhand favoritas. 


3. Aproveita vendas espontâneas

Por vezes, e inspirando-me principalmente no Instagram, é muito comum uma pessoa que regularmente não vende as suas peças fazer uma venda espontânea - eu própria já o fiz! E, para ser sincera, é neste tipo de vendas que se encontram as melhores oportunidades... Ora, tendo em conta que esta venda será realizada (ou anunciada) nas redes sociais, é sempre positivo seguirmos as contas das pessoas que mais nos inspiram no mundo da moda e cujo estilo se assemelha ao nosso. Nunca se sabe, principalmente agora que a venda de roupa em segunda mão se tornou tendência, quando nos podemos deparar com uma closet sale.


4. Protege-te de fraudes

Todas as coisas positivas têm o seu lado negativo associado e, no caso das lojas online, a possibilidade de nos encontrarmos com uma fraude é cada vez maior. Apesar de ser difícil protegermo-nos a 100%, existem algumas iniciativas que podemos tomar quando compramos online uma peça em segunda mão:
  • Procurar feedback de outros clientes (muitas vezes as próprias lojas disponibilizam esse feedback para maior confiança);
  • Pedir uma foto da encomenda antes de ser enviada;
  • Caso persistam as dúvidas, pedir comprovativo de envio através do talão dos CTT ou da transportadora;
  • Nas redes sociais, tirar um print screen à conta que nos está a vender as peças e às mensagens que comprovam o negócio, para constituírem provas caso essa conta nos bloqueie no futuro. 
____________________________________________

Depois das dicas para lojas físicas e online, ficariam apenas a faltar dicas para os swap markets; no entanto, ainda não tive a oportunidade de experienciar este método de troca e, por isso, ainda não consigo reunir dicas suficientes para partilhar convosco.

Se quiserem acrescentar alguma dica, seja relativamente às lojas físicas, online ou swap markets, terei todo o gosto em ler-vos no comentários e aprender com as vossas experiências!

xoxo,

M.

2 comentários

  1. A quarentena veio ajudar na venda online.
    Gostei das dicas , muito boas :)

    https://voltaemeiaa.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Veio mesmo, sei que imensa gente passou a adotar compras online e está a adorar. Obrigada!
      Beijinhos

      Eliminar