In Personal Successful Life

5 Lições Essenciais Para a Minha Vida que a Escola Me Deu


Olá! Hoje venho trazer-vos um tema diferente: vamos falar sobre escola. É tão comum queixarmo-nos sobre este tópico, não é? Talvez por ser um dos pontos mais fulcrais da nossa vida, exigimos tanto dele que acabamos por nos concentrar apenas nas suas falhas e esquecemo-nos completamente das coisas boas que nos trouxe. Por isso, e porque já sabem que gosto sempre de adotar uma visão mais positiva destas pequenas coisas, decidi contar-vos quais as 5 lições que a escola me trouxe e que considero serem essenciais para a minha vida. E hoje são apenas 5, mas poderiam ser muitas mais...

Lição nº1: Todos os dias, existe algo que podemos ensinar aos outros e simultaneamente aprender com os outros.

Talvez conheçam aquela expressão "se és o mais inteligente da sala, é porque estás na sala errada" e esse pequeno ditado aplica-se muito bem a esta primeira lição. Por muito que o mundo em geral nos ensine que devemos guardar os conhecimentos para nós mesmos, pois essa será a chave para o sucesso, foi na escola que eu aprendi que a partilha traz resultados muito mais significativos do que o egoísmo. Quanto mais ensinava aos outros, mas aprendia de volta e, assim, todos podemos crescer um pouco mais e, ainda mais importante do que isso, crescer em conjunto. We rise by lifting others.

Lição nº2: Não és obrigado a gostar de ninguém, mas és obrigado a respeitar toda a gente.

E os créditos desta frase vão para a minha mãe... Durante 12 anos de escola, ouvi imensas vezes esta frase, tenha sido aplicada a colegas, a professores ou até mesmo a funcionários. A verdade é que só me apercebi do poder da mesma muitos anos depois, nomeadamente quando passei fases onde sentia que eu mesma, enquanto ser diferente e único, não era sempre respeitada. Mas todos erramos, claro, e eu mesma desrespeitei esta frase diversas vezes - podem ver exemplos disso no post "To All the Girls I've Hated Before" - e é exatamente por isso que sinto que esta lição deva ser partilhada, para que não seja esquecida.

Lição nº3: Quanto mais personalizado for o teu método de trabalho, mais sucesso ele te trará.

Acham mesmo que os doze anos (ou mais) que passamos a estudar e a decorar matéria - que, na sua grande maioria, esquecemos - são anos passados em vão? Por muito que custe sentir que a maioria dos nossos conhecimentos são temporários, pois a nossa memória não dura para sempre, a forma como adquirimos estes conhecimentos é algo que vamos melhorando à medida que a trabalhamos. Ou seja, sinto que todos os anos passados a estudar me trouxeram bastante responsabilidade, disciplina e, acima de tudo, me fizeram descobrir o método de trabalho adequado às minhas capacidades e necessidades.

Lição nº4: São os pontos onde me distingo dos outros que me tornam insubstituível.

Diferença. Uma palavra que me assustava tanto no início dos meus anos passados na escola... Só queria ser como os outros, não me queria destacar - até ao ano em que, do nada, decidi criar com as minhas amigas um calendário "da diferença". Resumidamente, funcionava assim: todas as semanas escolhíamos um dia onde usaríamos algo fora do normal. Ou maquilhávamo-nos, ou usávamos uma sapatilha diferente em cada pé, ou colocávamos acessórios diferentes, entre outros. Por muito que eu olhe para trás e me sinta envergonhada com estes momentos, sei muito bem que foi este ingénuo calendário quem me fez não ter medo da diferença e aceitar os pontos onde me distingo dos outros. Foi a partir deste calendário que passei a ser eu mesma, pura e plenamente.

Lição nº5: Por muito que pareça uma catástrofe, a maioria dos nossos problemas têm um início, um meio e um fim.

Desde muito nova que sofro de ansiedade e isso começou, obviamente, a revelar-se na escola. Já na primária sofri diversos ataques de ansiedade, simplesmente porque não conseguia fazer os trabalhos de casa - era perfecionista, exigia demasiado de mim mesma e ainda era só uma criança. Mas tal como estes ataques de choro apareciam, também rapidamente se resolviam. Uma grande parte dos obstáculos e problemas que se colocam no nosso dia-a-dia são assumidamente temporários e só percebemos isso depois de passarmos por variadas situações que nos mostram que, no final, há sempre uma solução. E foi a escola quem me trouxe essas situações, tornando-me mais resiliente.

No fundo, esta é uma publicação para aqueles que não percebem - ou não querem ver - os benefícios que doze anos de estudo e aprendizagem nos traz. Muito para além dos conhecimentos que adquirimos, existe um conjunto de práticas que só fomos capazes de desenvolver porque nos foram colocados desafios e obstáculos. Tudo isso se juntou para formar a pessoa que somos hoje - e essa pessoa nunca seria a mesma se não fosse pela escola. Não é verdade?

xoxo,





Related Articles

6 comentários:

  1. A lição número 1 e 2 são as que mais me identifico.
    beijinhos :)
    https://www.dailyvlife.com

    ResponderEliminar
  2. Concordo plenamente com todos e foi algo que também fui aprendendo com o passar dos anos. Mas tenho que admitir que o problema que me fazia mais espécie está relacionado com a lição número 5. Antes achava que tudo o que tinha que fazer não havia tempo suficiente e entrava em stress com por tudo e por nada, mas felizmente com o tempo comecei a perceber que afinal há tempo para tudo e por impossível que possa parecer os prazos são sempre possíveis de cumprir, cada coisa a seu tempo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa também foi das lições que mais me custou a interiorizar, devido à minha ansiedade. No entanto, depois de tantos stresses sem motivo, comecei a aprender que não vale a pena abdicar da minha saúde mental por isso!
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Exatamente, sem stress e com o tempo que for necessário tudo se resolve. Até porque quando estamos mais calmos e predispostos a concluir uma tarefa é quando mais rápido e com sucesso a conseguimos terminar!

      Eliminar
    3. Sem dúvida! É melhor para nós, para quem trabalha connosco e até para a execução da tarefa em sim!

      Eliminar

Thank you so much!