In Get Inspired Successful Life

10 Resoluções Espirituais para um Coração Feliz


Olá! Por esta altura, acredito que já tenham escrito a vossa lista de resoluções para 2019, certo? Se não o fizeram, tentem manter em mente todos os objetivos que querem concretizar neste ano, porque, quer queiramos quer não, a nossa veia sonhadora é difícil de impedir e acaba sempre por pensar nisso. Tendo todas essas metas em mente, respondam-me a uma pergunta: quantas delas irão contribuir para o vosso desenvolvimento pessoal? Com sorte, acredito que seja uma ou duas. Pensamos que encontramos a felicidade quando temos melhores notas, quando o nosso salário aumenta ou quando fazemos a viagem de sonho... Mas enganam-se: esse pode ser o motivo da nossa felicidade sim, mas apenas quando sabemos ser gratos e efetivamente apreciar a beleza de todas as outras coisas. Por isso, hoje, vamos trabalhar nessas resoluções!


Já o ano passado, quando vos escrevi as minhas próprias resoluções para 2018, decidi dar-lhe apenas uma vertente espiritual - foi o primeiro ano que fiz isso e podem ter a certeza que vai ser uma experiência a repetir todos os anos. E porquê? Porque tenho aprendido a ser feliz, independentemente do que a vida me traz... Aprendi a ver o lado positivo das coisas, por mais negativas que podem parecer. E, por fim, aprendi que a realização pessoal não tem de vir da quantidade de dinheiro que recebo ao fim do mês ou do número de seguidores que tenho no Instagram. Foi graças às minhas resoluções espirituais que adquiri todo este conhecimento e hoje venho transportá-lo para a vossa lista de objetivos! 

1. Aprender a perdoar e compreender

Seja uma ação de alguém que te rodeia, ou mesmo uma situação com que a vida te enfrenta, tudo tem uma razão de ser e há que a descobrir. Compreender é a palavra-chave para o meu 2019, pois quero perceber verdadeiramente o contributo que cada situação trará à minha vida

2. Melhorar os cuidados que presto a mim mesma

e conseguir usá-lo para a minha própria vantagem, seja aprendendo com os meus erros, seja tirando proveito da sorte que vou tendo. Assim, devo cuidar de mim como se fosse uma criança frágil - que se assusta, que se magoa, que tem medo, mas que também é corajosa e sabe aquilo que é melhor para ela,

3. Distinguir um bom ambiente de um ambiente tóxico

tanto por dentro, como por fora. Porque, de que me vale ter um escudo na alma, se o ambiente onde me insiro tenta sempre deixar o seu buraco? É suposto que, quem me rodeia, seja a segunda camada do meu escudo e não aquilo que o pretende destruir e é por isso mesmo que

4. Dar aos outros o que gostava de receber

vou perceber onde realmente me insiro e onde o meu contributo para um bom ambiente é valorizado. Se quero receber amor, tenho de dar amor... Tenho de ser o espelho daquilo que quero receber, tenho de ser o exemplo do poder que um ato de bondade pode ter num mundo onde tudo o resto parece ser maldade. O importante

5. Não ter medo de ter medo

é não ter medo de ser o pioneiro dessa diferença, por mais assustador que possa parecer. É que todos temos medos, todos mesmo... Por mais forte e impenetrável que te pareça alguém, lembra-te sempre disto: essa pessoa tem medo e, para além disso, tem medo de demonstrar o seu medo. Se todos o temos, porque é que tentamos esconder aquilo

6. E, por outro lado, conseguir arriscar de olhos fechados

que nos une enquanto seres humanos? É quando partilhamos aquilo que receamos e percebemos onde nos completamos, que nos tornamos mais fortes e nos entreajudamos a superar qualquer muro, qualquer barreira, qualquer obstáculo. E superar vai ser mais uma palavra-chave para o meu 2019, pois,

7. Interiorizar as nossas fraquezas

apesar de conhecer perfeitamente tudo aquilo que me deixa de mãos a tremer, tudo aquilo que pode mexer com a minha ansiedade, quero saber como posso melhorar. E só melhoro, só supero, só ultrapasso, quando conheço e aceito. Eu sei quais são as minhas fraquezas e é por isso que todos os anos

8. Ser humilde face às nossas qualidades (nunca parar de aprender)

insisto na sua superação. Life motto: nunca parar, nunca parar de me desenvolver espiritualmente, nunca parar de ir para além daquilo que já sei. Para mim, um dia sem aprender nada é um dia perdido... Nunca irei ser especialista em área nenhuma, porque nunca me darei ao luxo de sentir que o meu conhecimento terminou

9. Dar tudo em cada circunstância

e todos os dias irei fazer algo para me automelhorar. Em cada gesto que tenha, em cada palavra que diga, em cada sorriso que deite cá para fora, irei fazer os meus possíveis para não deixar nada por fazer, dizer ou mostrar. Quero dar tudo de mim em cada momento da minha vida, quero ser inteira, pois quero receber exatamente o mesmo

10. Nunca parar de querer melhorar

do mundo em que vivo. Acima de tudo, quero ter a capacidade de ser humilde todos os dias, de modo a que nunca fique cega às lições que a vida me traz em cada canto. Quero sempre dar mais, aceitar mais, perdoar mais, compreender mais, ouvir mais, ser mais. Quero ser sempre mais e mais. Nunca quero parar de desenvolver a parte de mim que realmente importa - aquilo que sou cá dentro.





E vocês, como se vão desenvolver este ano?

xoxo,


Related Articles

4 comentários:

  1. Sem dúvida que são resoluções legais, pois acredito que todos nós queremos viver e ultrapassar todos esses pontos, todos os dias e durante o ano inteiro. Se por um acaso não foi realizado no ano anterior, volta-se a tentar no ano presente e nos seguintes :)

    XoXo
    - Helena Primeira
    - Helena Primeira Youtube
    - Primeira Panos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida! Aqui, nunca há um fim: vamos subindo a escadinha e nunca paramos de tentar subir mais, de sermos melhores pessoas.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Acho que tenho conseguido manter essas 10 resoluções. São realmente necessárias. Beijinho
    http://brevisfuse.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Thank you so much!