In Makeup

Skin Care - The Body Shop: Os Verdadeiros Resultados


Olá! Mais de um mês depois de ter começado a utilizar praticamente apenas produtos da The Body Shop na minha rotina de skin care, achei que seria interessante fazer-vos um ponto de situação do estado da minha pele e da minha opinião sobre os produtos em causa. A verdade é que, desde os primeiros dias em que utilizei estes produtos, quando escrevi as publicações dedicadas à minha skin care routine (day night), algumas ideias mudaram e, por isso, achei que estava na altura de vos falar um pouco de tudo isso. Por isso, esse será o tema da publicação de hoje!
Bem, começando do geral e passando para os pontos em específico, é importante começar por responder à pergunta: qual é o estado da minha pele?

Quando realizei o pequeno diagnóstico disponibilizado na The Body Shop, fiquei bastante desiludida com os resultados, visto que a minha pele revelava estar bastante oleosa na minha zona T e seca nas restantes partes. Ou seja, em primeiro lugar, não estava minimamente equilibrada e, em segundo, todos os produtos que durante anos tentei utilizar para reduzir a oleosidade da minha pele não estavam a resultar. Agora, passados cerca de 40/50 dias a utilizar diariamente estes produtos, a conversa já é outra...
  • Após realizar a minha rotina de skin care, seja ela matinal ou de noite, consigo sentir o bom estado da minha pele - fica suave, reluzente (mas no bom sentido, não no sentido da oleosidade) e, aí está, completamente livre de oleosidade na zona T. Aquele hábito de passar a mão na testa e sentir os pequenos "óleos" que compõem a minha pele não se tem verificado, de todo
  • Se esta sensação se prolonga para o resto do dia? Em certa parte, sim. Seria injusto da minha parte dizer-vos que, de um dia para o outro, deixei de ter a pele oleosa na zona T, porque isso não é verdade... Mas sim, senti uma grande melhoria nesse aspeto. A oleosidade passou a ser algo que se vai acumulando ao longo do dia, porque agora, começo os dias livre dela e, quando chego a casa, o processo é o mesmo - mas mesmo o sebo produzido durante o dia tem vindo a baixar progressivamente.

  • Não consigo medir os níveis de hidratação da minha pele, mas admito que tenho feito um esforço gigantesco para contrariar a desidratação - para isso, beber muita água e praticar multimasking têm sido os meus melhores aliados.
  • Por fim, o local do meu corpo onde senti a maior e mais importante diferença foi no meu nariz e na presença de pontos negros nessa zona. Posso dizer-vos que o estado do meu nariz há uns meses era completamente diferente do seu estado agora: pontos negros, borbulhas, poros excessivamente abertos e oleosidade têm vindo a desaparecer por completo. E graças a quê? Conto-vos já...

Em relação aos produtos, penso que seria exaustivo falar-vos de todos eles, por isso irei simplesmente falar de três categorias, aquelas que para mim são mais importantes:

O que mais me surpreendeu: Máscara de Carvão dos Himalaias. Aqui está, apresento-vos o holy grail dos meus pontos negros e o produto que mais me surpreendeu, desde o segundo em que o testei na loja. Graças a esta máscara, tenho sentido uma melhoria gigantesca na minha zona T, tanto por eliminar as impurezas da minha pele, como também por "secar" a oleosidade dessa mesma zona. Estou mesmo muito impressionada com este produto e, apesar de ser um pouco forte, aconselho-o a qualquer tipo de pele que sofra deste problema.

O que não correspondeu às expetativas: Máscara British Rose. Se uma me surpreendeu, a outra acabou por não o fazer. Apesar de adorar o cheiro, a textura e a forma como conjuga com as restantes máscaras aquando do multimasking, não sinto que faça tanto efeito como as restantes. No entanto, recupero a ideia de que nunca mais voltei a fazer um diagnóstico de pele, não tendo voltado a medir o meu nível de hidratação - por isso, baseio esta informação apenas no que sinto quando termino o "tratamento".




O que irei voltar sempre a comprar: Sérum de Tea Tree Oil. Não foi uma surpresa, porque já tinha ouvido falar dos milagres deste pequeno produto, mas os seus resultados são efetivamente muito bons. É difícil medir o impacto de um produto sozinho, no meio de tantos numa rotina, mas foi por isso mesmo que fiz a experiência de, durante uns dias, dispensar-me da utilização deste sérum... E foi nesses dias que não saí de casa com a sensação de uma pele oil-free, sendo que começava o dia logo com o desconforto da oleosidade na minha pele.

O que dispensava da rotina: Sinceramente? Nenhum. Acho que cada produto tem uma função muito específica em cada parte da minha rotina e não sinto que nenhum seja supérfluo e que não necessite de ser utilizado. Seja maior ou menor, cada produto dá o seu contributo.



E estes são os verdadeiros resultados após a utilização diária e intensiva dos produtos de skin care da The Body Shop. Como devem ter percebido, a minha opinião, no geral, é extremamente positiva, por isso fico muito feliz por ter descoberto uma marca que tanto potencial revela ter!

E vocês, utilizam algum destes produtos? Gostam do seu resultado?

xoxo,


Related Articles

2 comentários:

Thank you so much!