In Looks

Pillow Talks || Look


Olá! Quem percebeu o título desta publicação só por ver a capa, escreva já nos comentários, porque estou mesmo curiosa... E para quem não percebeu, bem, olhem mais uma vez para o look que vos trago hoje - nomeadamente para a camisola - e tentem adivinhar. Já perceberam, certo? Na nova publicação, para além de vos trazer este novo look, vamos conversar um pouco. Porque quem é que não gosta de uma boa pillow talk
Hoje sinto-me especialmente silly e brincalhona, por isso tentem ignorar as piadas que provavelmente irão aparecer em torno desta publicação. Na verdade, o outfit que fotografei para hoje é demasiado elegante e, por isso, não serão o sarcasmo e as piadas secas quem lhe assentarão melhor - claramente eu tenho dois lados demasiado diferentes, mas quem não tem? Disclaimers feitos, está na altura de falarmos de como criei este conjunto e de onde ele veio... E, antes que perguntem, este será mais um look para inspiração, tendo em conta que as peças principais foram feitas pelas mãos de fada da minha mãe. O casaco, por sua vez, poderão descobrir mais sobre ele no meu novo vídeo, onde vos falo dos meus casacos de outono favoritos.






Baseei-me na ideia de um look monocromático, onde o tom rosa pastel seria a estrela. A partir daí, foi uma questão de ir conjugando texturas e acessórios... Claramente o tecido da minha parte de cima foi a grande estrela deste outfit e foi a partir daí que tudo começou. Para quem ainda não tinha percebido, este tipo de tecido é usado muitas vezes para fazer outro tipo de têxteis, como almofadas, e daí o trocadilho no título. Quis ainda que este fosse um look mais elegante e consegui esse efeito essencialmente através dos sapatos - já sabem que, para mim, uns bons stilletos pretos dão com tudo e são capazes de trazer um toque clássico a qualquer look. Penso que os restantes acessórios já são vossos conhecidos, no entanto, volto a frisar que, num conjunto como este onde as peças já são bastante chamativas, há que reduzir a quantidade de acessórios que utilizamos.






Quanto à talk, já que a pillow já sabem do que se trata, queria deixar-vos algumas ideias em relação à minha última publicação. Felizmente ou infelizmente, sinto que muitas partes da minha vida e muitas das minhas ações acabam por ter um paralelismo com a moda e a minha última publicação foi mais um exemplo disso. Muitos dos vossos comentários, seja por aqui ou pelas restantes redes sociais, basearam-se em duas palavras: medo e receio - e a todos tive vontade de responder o mesmo... Não deixem que os vossos medos vos impeçam de fazer algo que querem! Não deixem que isto vos impeça de saírem fora da vossa zona de conforto, seja nas vossas práticas do dia a dia, seja naquilo que vestem. Talvez conjuntos como este que fotografei sejam alvo de comentários como "gosto de ver em ti, mas seria incapaz de o usar"... Mas porquê? Por medo de ser diferente e ousado? Por medo das opiniões de outras pessoas? Não podemos basear a nossa vida no medo.





Deixo-vos com este pensamento para que reflitam sobre aquilo que fazem ou deixam de fazer, devido ao medo ou ao receio que sentem, seja do que for. Pensem nas oportunidades que perdem, nos momentos que vos escapam pelas mãos ou nos sorrisos que podiam ter valido a pena... Às vezes vale a pena sairmos da nossa zona de conforto, pois arriscar vale muito mais que ficar no nosso círculo de segurança - pode trazer-nos tanto, mas tanto!

Gostaram do look? O que me dizem sobre este pensamento? Deixem tudo nos comentários!

xoxo,


Related Articles

6 comentários:

  1. Estás tão gira! Adorei sem dúvida a blusa que está mesmo gira! E adorei também as fotos! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Fico mesmo feliz que tenhas gostado!
      Beijinhos

      Eliminar
  2. O look está giríssimo e tu estás uma princesa, como sempre :)

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  3. Adoro a carteira!!
    E concordo completamente contigo! Não podemos deixar de fazer o que gostamos ou o que queremos (mesmo que seja momentâneo) só por receio! Temos de arriscar, usando uma expressão de "velhos" e antiga, "a vida é curta"!

    Beijinhos!
    https://tanitacordeiro.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Sim, sem dúvida, concordo plenamente contigo!
      Beijinhos

      Eliminar

Thank you so much!