In Looks

Como Adaptei o Meu Estilo Pessoal às Tendências


Olá! Já li demasiadas vezes que, para acompanharmos as tendências, temos de abdicar do nosso estilo próprio, do cunho pessoal que queremos deixar nos nossos looks. Mentira. Falácia. Nunca acreditem nisto. Enquanto blogger, sou a prova viva de que isso não é verdade - mesmo acompanhando as mais recentes novidades no mundo da moda, nunca deixo de utilizar as peças que me fazem sentir bem, conjugadas da maneira que melhor me assenta. E sabem porquê? Porque as duas coisas não são mutuamente exclusivas, por isso, hoje, irei mostrar-vos como podem jogar com o melhor dos dois mundos.
       Ora, tendências. Estão sempre a aparecer diante dos nossos ecrãs e, no entanto, muitas acabam por nem nos agradar... Aqui, vamos já ao encontro do primeiro ponto:
Só devemos seguir as tendências que realmente gostamos. No meio de tantas, de certeza que haverá uma que se adeque ao teu estilo.
       Sempre que não me identifico com uma tendência, nem penso em tentar adaptá-la, porque, à partida, já não me agrada de qualquer maneira. E isto é completamente normal! É a enorme variedade de trends que permite a todos nós encontrar alguma que se aproxime do nosso estilo pessoal. Faz sentido, certo? Por exemplo, fanny packs. Estas bolsinhas à volta da cintura não se identificam minimamente com os meus gostos, por isso, apesar de ser uma tendência gigante, não me chamam à atenção.

       No entanto, quem sabe se nunca irei gostar de usar estas mini-bolsas? Nem eu própria o consigo garantir. Os nossos gostos estão constantemente a mudar, seja pelas inspirações que nos rodeiam, pelas experiências que vamos vivendo ou pela fase da vida onde nos encontramos. São vários os fatores que nos levam a afirmar que:
Nunca devemos "descartar" uma tendência para sempre. É preciso mantermo-nos abertos a novas opções, pois a moda é cíclica e, aquilo que não gostamos agora, pode ser a nossa maior paixão futuramente.
       Ou seja, como devem imaginar, isto já aconteceu comigo MUITAS, mas mesmo MUITAS vezes. Tendências que eu considerava minimamente aberrantes durante a minha adolescência, são agora peças que uso diariamente e que me divirto imenso a conjugar. Querem saber o maior exemplo disso? O cor de rosa. A rebelde adolescente que existiu em tempos dentro de mim associava esta cor aos seus tempos de criança e, por isso, odiava-a - algo que, hoje em dia, mudou completamente. 

       Aproveitando o facto de estarmos a falar em cores-tendência, tendo em conta que, todas as estações, novas cores são apontadas como sendo as mais usadas ou as mais estilosas, o que devemos fazer quando não nos sentimos confortáveis com uma cor que transborda pelas lojas? O vermelho foi o grande caso deste ano. A maioria de nós não se sentia confortável em usar essa cor e, simultaneamente, queria arriscar - e para isso está aqui a terceira dica:
As mudanças de cor no nosso armário podem ser complicadas, por isso há que começar pelo pormenor e ir evoluindo para um plano maior. Isto é: acessórios, sapatos, maquilhagem e, mais tarde, peças de roupa.
       No meu caso, o vermelho não foi um grande problema, pois sempre fui uma grande fã desta cor. No entanto, estou a utilizar este exemplo, pois sei que foi uma questão que muita gente colocou. Para mim, a cor que tem sido mais difícil de introduzir é o roxo... Eu até gosto, mas não me sinto confortável em conjugá-lo. Mais alguém desse lado?


        Para terminar, a melhor forma de adaptarmos as tendências que o mundo da moda nos reserva ao nosso estilo e ao nosso gosto próprio é, simplesmente, conjugarmos peças representativas de ambos num único look. E sabem qual a melhor forma de fazer isso?
Utiliza a peça relativa à tendência na parte do corpo com a qual mais confortável te sentes e a peça que mais se identifica com o teu estilo habitual na parte onde mais inseguranças tens, de modo a não deixares de te sentir na tua "zona de conforto".
       Todos nós temos uma parte do corpo que preferimos, quer seja por nos sentirmos mais confortáveis com ela ou por acharmos que é uma característica que nos torna mais elegantes, por exemplo. No meu caso, introduzi esta dica quando as peças oversize se tornaram uma tendência. Como sou relativamente baixa, sentia que se usasse camisolas ou casacos muito acima do meu tamanho, acabava "engolida" por eles... E o que fiz? Praticamente deixei de usar skinny jeans e adotei essa mesma tendência nas peças da parte de baixo - calças, saias, calções. Como tenho as pernas magrinhas, acabou por me favorecer imenso e consegui conjugar uma tendência com o meu estilo.

         E vocês? Como conjugam o vosso estilo com as tendências que mais gostam (e também aquelas que não gostam)? Adorava que me dessem as vossas dicas, pois aprendo sempre imenso com o que partilham nos comentários.

xoxo,

Related Articles

28 comentários:

  1. Nunca creditei que para seguir tendências temos de mudar o nosso próprio estilo, aliás o nosso estilo é que deve ser a nossa tendência, e sim podemos dar um up com as 'novas tendências' que vão surgindo, mas nunca deixando de sermos nós próprias ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, o nosso estilo pode ser a nossa tendência! Não há necessidade de mudarmos nada em nós! Beijinhos

      Eliminar
  2. Não sou de tendências :) não gosto nadas das bolsas na cintura, já quando era miúda que eu não gostava nada ehehe mas devemos usar o que gostamos, que nos fica bem e se for consoante as tendências, tudo bem.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso essa é mesmo uma tendência que não combina mesmo nada comigo! Concordo completamente contigo! Beijinhos

      Eliminar
  3. Great post dear, it was really interesting to read.
    Thanks for sharing it with us! <3
    https://itsallabouttheglowxoblog.blogspot.it/

    ResponderEliminar
  4. Eu nunca segui tendências acho que isso não faz muito sentido uma vez que temos de usar o que gostamos e nos sentimos bem.

    Yellow Rain

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na minha opinião, podemos usar aquilo que gostamos e simultaneamente seguir as tendências que se identificam connosco! Beijinhos

      Eliminar
  5. Para te ser sincera não sou de tendência ou modas, uso o que gosto.
    Mas em pequena eu lembro-me que detestava calças justas em baixo, pois só se usavam calças à boca de sino, e quem usava calças justas era pobre, ou vestia-se mal...atualmente são o tipo de calças que mais amo! ehehe
    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? A moda é cíclica e os nossos gostos também! Essa é uma história mesmo gira! Beijinhos

      Eliminar
    2. em morava numa pequena terriolazinha, eramos muitoo poucas pessoas. Para teres noção, havia uma sala de aulas e apenas um professor e um ajudante para o 1º, 2º, 3º e 4º ano!

      Eliminar
    3. Pois, era mesmo um sítio pequeno! Mas pronto, tendências são tendências! Ahahah

      Eliminar
  6. Devemos usar sempre o que gostamos! Por ser tendência não significa que sejamos obrigadas a usar..
    Gostei bastante do post , beijinho
    anaasmonteiro.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Gostei bastante, acho que gostei mais dos teus do que dos outros ahahah

    Beijinhos,
    Melissa Sousa | Fábrica de Temperos
    A MINHA VIAGEM DE SONHO - TURQUIA

    ResponderEliminar
  8. Amei seu blog!!! :D
    Que incrível, não conhecia ele. Achei lindo e o conteúdo é muito bom
    Amei esse post, parabéns!

    www.apequenaka.com

    ResponderEliminar
  9. Tal como tu só adopto tendências com as quais me identifico e, sempre, com o meu cunho pessoal. Verdade seja dita isso é que nos torna nós próprios, senão somos só mais uma cópia que anda por ai.

    Já como a Coco Chanel dizia "Fashion fades only style is eternal".

    beijinho
    The Midnight Effect / Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que frase mais bonita para completar este post! Concordo completamente contigo!
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Não tenho muito mais a acrescentar, também só uso aquilo que me diz alguma coisa e não porque "toda a gente" usa. E sem dúvida que o roxo para mim, juntamente com o verde! São as cores mais complicadas.
    Beijinhos

    Automatic Destiny

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, também existem tendências perfeitas para o nosso estilo!
      Beijinhos

      Eliminar
  11. Adoro tanto o design e a forma como organizas os teus post's! Muitos beijinhos

    https://filipamarquesz.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Eu gosto de tendências e de usar o que está na moda no entanto, faça como tu, adapto tudo ao meu estilo e gosto pessoal.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente! Sempre disse que uma coisa não tem de excluir a outra!
      Beijinhos

      Eliminar
  13. Acho que as tendências estão um bocadinho ultrapassadas! É um pouco contraditório dizer isto, mas onde quero chegar é que ser fanático por tendências já não faz sentido algum! Devemos sim procurar o nosso estilo pessoal, quer siga quer não as tendências! :)
    Beijinho*
    https://fine-alchemy.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinceramente, as tendência chegam a ser mais um guia para o mercado do que para nós, consumidores... Mas acabam sempre por vir parar aos nossos armários! Não tem é de vir tudo! Beijinhos

      Eliminar

Thank you so much!