In Learning&Concepts Makeup

A Crise de Idade dos Cremes Anti-Rugas


Olá! A publicação de hoje é uma pequena reflexão que já queria fazer com vocês há algum tempo. De há uns tempos para cá, tenho vindo a reparar numa particularidade dos vídeos de produtos recebidos das youtubers portuguesas - uma grande parte destas tem vindo a receber produtos, nomeadamente cremes, anti-idade. E, como devem imaginar, estamos a falar de raparigas entre os 20 e os 30 anos... Admito que esta situação me deixou um pouco desconfortável e não podia deixar de partilhar convosco não só a minha opinião como também toda a pesquisa que decidi fazer relacionada com esta temática. Por isso, hoje quero que esclarecer esta questão:


Até que ponto é que a utilização de cremes anti-idade é precoce?

       Bem, primeiro, antes de começar, quero deixar-vos já a minha opinião em relação a este tópico, para que percebam que, seja qual for a resposta de especialistas a esta questão, eu não sou a maior fã de cremes anti-envelhecimento. Talvez seja por ainda ser bastante nova e não pensar já nestes assuntos, mas, na verdade, acho que, no geral, a maioria das pessoas começa a utilizar este tipo de produtos demasiado cedo... Para pessoas mais jovens, não será o efeito destes cremes apenas psicológico?

       O envelhecimento é um processo natural do nosso corpo, ninguém lhe escapa, independentemente da quantidade de cremes que utilize ou por mais caros que estes sejam. É óbvio que podem "retardar" este processo, mas, impedi-lo, ainda não o conseguem fazer (talvez com a tecnologia que se desenvolver no futuro, quem sabe?). A única coisa que podemos controlar, no que toca a este tópico, é a forma como aceitamos o envelhecer da nossa pele, do nosso corpo. E agora, vocês perguntam:
"Mas porque é que uma rapariga que ainda só há uns meses atingiu a maioridade, está a falar deste assunto? Que autoridade ou experiência tem ela?"
       A minha resposta à vossa pergunta é muito simples - e espero que a compreendam: porque, infelizmente, começo a ver pessoas da minha idade ou pouco mais velhas que eu a preocuparem-se com este tipo de assuntos e, sim, isso é precoce. Não sei se são levadas por estratégias de marketing das empresas cujo principal interesse é vender, mesmo que estas não sejam vendas adequadas, ou se é uma simples crise de confiança e autoestima provocada pela imagem da "mulher perfeita" que enche os media, as nossas redes sociais e que nos quer ser vendida a todo o custo. Seja o que for, é preocupante... e eu não podia ficar calada! 

       Agora, quero mostrar-vos o resultado da minha pesquisa sobre este tema. Admito que foi algo demorado, pois a maioria da informação que encontrava era dada por revistas de moda e beleza feminina (algo onde preferi não confiar)...

       Segundo os estudos que li, a nossa pele começa a perder 1% de colagénio aos 21 anos. Para quem não sabe do que estou a falar, o colagénio é a proteína que dá estrutura, firmeza e elasticidade à pele, ou seja, a perda de colagénio é o que dá origem ao aparecimento de rugas e outros sinais de envelhecimento no nosso rosto e afins. Sendo assim, a primeira conclusão que retirei desta pesquisa foi:

Até aos 21 anos, a nossa pele não sofre qualquer sintoma de envelhecimento.

       Então, será a partir dos 21 anos que devemos começar a utilizar cremes anti-rugas? Não, pelo menos segundo os especialistas. Obviamente que as opiniões divergem, mas não há nenhuma recomendação para utilizar produtos para combater o envelhecimentos antes do 30 anos (alguns até arriscam dizer antes dos 40!), recomenda-se sim a utilização de cremes hidratantes com vitamina C e de muita proteção solar. Peles normais e secas geralmente precisam de começar um pouco mais cedo do que peles oleosas, mas há que ser ponderado e perceber até que ponto é que é mesmo necessário iniciar este ritual anti-envelhecimento. Para soluções mais naturais, uma alimentação equilibrada, a realização de exercício físico e beber muita água são obviamente ótimas escolhas, que conseguem ter um maior impacto do que a própria utilização dos cremes.

       Quero apenas terminar esta publicação com a ideia de que é preferível aprender a aceitar o envelhecimento da nossa pele, do que nos preocuparmos em combatê-lo. Como disse inicialmente, mais cedo ou mais tarde todos acabaremos por ter a pele um pouco mais enrugada ou flácida, mas isso é só mais um desafio que o nosso corpo nos lança... um desafio que deve ser superado com uma pequena dose de confiança e toneladas de amor próprio. E preocuparmo-nos com o envelhecimento aos 20 anos? Não há necessidade! Ainda agora acabámos de combater a acne e já querem concentrar-se noutro tratamento? A vossa pele precisa de uma pausa e ainda têm imenso tempo para gastar dinheiro em cremes anti-rugas...

Não se esqueçam de me contar também a vossa opinião! Adorava ouvir o que têm a dizer sobre este assunto!

xoxo,


Related Articles

41 comentários:

  1. Olá!
    Achei o post super interessante. Pessoalmente nunca usei cremes anti - envelhecimentos. Também acho demasiado cedo mas tento sempre ter a pele hidratada e limpa para que possa respirar melhor!
    Beijinhos!!

    pimentamaisdoce.blogspot.pt <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Obrigada, concordo imenso com isso, também o faço. Beijinhos

      Eliminar
  2. Concordo totalmente!
    Os media têm uma grande influência neste tópico, mas temos que fazer a pesquisa por nós próprias!
    Percebo completamente que queiram preservar a pele, também quero manter a minha o mais saudável possível, mas na nossa idade o importante é apostar na hidratação e proteção solar, isso sim!

    Beijinhos!
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, completamente verdade! Eu acho que também devemos ter a noção de quando o melhor é deixar a pele respirar... optar pela boa alimentação, por cremes leves, isso sim ajuda a nossa pele a ser saudável. Beijinhos

      Eliminar
  3. confesso que tenho 26 anos e ja usei cremes anti rugas, e vou dizer o motivo, eu faço muita ruga no canto da boca, a ruga do sorriso... como nao gostava usei cremes apenas em cima da ruga ahahah e depois passava creme hidratante no resto da cara!

    comecei a seguir

    beijinho

    Mimi in the Mirror

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, é uma ruga de expressão, é completamente normal! Claro que podes tentar ao máximo corrigi-la, mas vai ser algo que te vai acompanhar para o longo da tua vida muito provavelmente... aprende, primeiro, a gostar dela. Beijinhos, também segui!

      Eliminar
  4. Ohn <3 Sem palavras, minha querida! Muito obrigado, de coração!!
    Que nunca te falte a força para lutar por todos os teus sonhos <3

    Sou da opinião de que devemos começar a cuidar do nosso rosto bem cedo!! E em relação aos cremes de rosto, é exatamente o mesmo. Tenho 25 e desde os meus 23 (mais coisa, menos coisa) que comecei a procurar cremes com alguns fatores anti-idade. Comecei pelos cremes de olhos, face às rugas de expressão, e opto, à noite, por colocar um regenerador :D Óbvio que não sinto já diferenças gigantes, mas sei que no futuro vou sentir :D

    NEW REVIEW POST | TWO PRODUCTS MY HAIR HAS LOVED IT! <3
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu ainda tenho 18 anos e esta é a minha opinião do momento, mas vou tentar ao máximo adiar este ritual do anti-envelhecimento. Eu acho que assim que começamos acaba por ser uma pequenina bola de neve e quando damos por nós já andamos a dar mais importância aos cremes do que às outras soluções que nós podem ajudar! Veremos o que acontece quando começar realmente a sentir os sinais das rugas. Beijinhos

      Eliminar
  5. Tenho tendência para olhar para estes produtos e supostos resultados como uma espécie de efeito de Placebo. Não noto diferença, nesse aspeto, quando alguém me diz que começou a usar creme x. Contudo, sei que existem outros benefícios dos mesmos, como a hidratação intensa que fornecem, o que faz com que a pessoa se sinta mais brilhante e saudável e quem não gosta de ter um efeito dewy e saudável na pele?

    Segui o teu blog, adoro o conteúdo.
    https://stateofgracebymargarida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, também acredito muito no fator psicológico destes cremes... No entanto, acho que prefiro, primeiro, aprender a ter esse efeito Placebo com os meus pensamentos, do género "eu quero gostar da minha pele e, assim, irei efetivamente achá-la bonita". Os cremes depois viram por acréscimo, mais tarde.
      Obrigada, querida! Também segui! Beijinhos

      Eliminar
  6. Eu acho que é uma questão de idade, é óbvio que para uma adulta de 18 anos não faz qualquer sentido aplicar cremes anti-idade, contudo no meu caso, em que vou fazer 26 esta semana, é praticamente imperativo se quero realmente retardar ou reduzir as linhas de expressão - especialmente no meu caso em que tenho imensas rugas mesmo! Acho que cada caso é um caso, mas se tivesse de referir uma idade, seria 25 talvez :)

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, foi isso que também referi... para mim não faz qualquer tipo de sentido, mas, o problema, é que pessoas da minha idade começam a pensar que faz sentido, daí esta publicação! Beijinhos

      Eliminar
  7. Acho que podemos sim atenuar o envelhecimento da pele com produtos próprios, mas cada coisa a seu tempo!
    Gostei muito do blog, segui de volta!
    Beijinho, Bia ❤
    https://beautystuffblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Concordo plenamente querida!

    Um beijinho,
    https://thesoulofacosmopolitangirl.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Achei o post super interessante!! Concordo contigo, ainda à uns meses fiz 18 anos. Para mim não tem muito sentido e nunca tinha pensado nesse assunto para ser muito honesta. Em casa tenho um exemplo em casa, a minha mãe. Tem 50 anos e é tão raro pôr montes de coisas na cara. Faz mesmo de vez em quando e a maioria dos cremes não são anti-rugas e posso dizer que para 50 anos está que nem uma maravilha!! Claro que cada caso é um caso. Há pessoas que começam a ter rugas mais cedo. É como os cabelos brancos. Existem pessoas que logo aos 20 e tal começam a ter e outras só a partir dos 45! Acho que depende muito da pessoa, da pele e da maneira como cuidamos ou não da pele nos anos em que éramos jovens!


    Não fazia a mínima ideia era que a perda de colagénio era a partir dos 21 anos. Mas assim começo a pensar nas rugas a partir daí haha Mas sou da opinião que envelhecer é normal, é sinal que vivemos e sinal de que continuamos vivos!

    Blog: https://bolacha-mariaa.blogspot.pt/
    Projeto: http://ajudaoplanetaesalvaomundo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade que depende muito de pessoa para pessoa, pois todos nós temos hábitos de vida diferentes! Aposto que a tua mãe é uma senhora saudável e isso ajuda imenso... Mas sim, no fim, o importante é saber lidar com o envelhecimento e aceitá-lo, só depois é que os cremes irão fazer o efeito desejado.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Devo ser uma das raras pessoas que não crê, nem um pouco, na eficácia dos cremes anti-rugas. Provavelmente estou a pensar demasiado mas, a meu ver, se alguém conseguisse a fórmula que conseguisse prevenir verdadeiramente as rugas e outros sinais de envelhecimento, para além de ter a fórmula patenteada, venderia o produto a preços exorbitantes. Estamos a falar de algo que a maior parte das pessoas procura combater, que é o envelhecimento: nunca na vida uma empresa partilharia um milagre desses se este realmente existisse.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é claro que ainda não há nada que reverta completamente o processo de envelhecimento. O máximo que acredito que estas cremes possam fazer é fortalecer a elasticidade e a hidratação da nossa pele, e isso pode ajudar a atrasar as rugas.
      Beijinhos

      Eliminar
  11. Gostei muito da opinião que deste e partilho a mesma contigo.
    Gostei também do que por aqui vi, estou a seguir o blogue.
    Beijinho
    https://simplemadsblogger.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem! Obrigada, também gostei do teu e já segui!
      Beijinhos

      Eliminar
  12. Eu tenho 26 e confesso que já adquiri um creme anti-rugas mas só coloco de noite e muito de vez em quando.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/2018/02/sorteio-flash-ganha-um-bilhete-duplo.html

    ResponderEliminar
  13. Ainda nem tenho 18 anos por isso não me preocupa tanto este fator, mas no caso do meu namorado, aos 18 anos já tinha rugas de expressão bem acentuadas e nunca usou nenhum creme por achar que era cedo demais. Agora ninguém diz que tem 29 anos visto que tem muitas rugas e ainda assim não hidrata a pele com frequência nem se preocupa com isso. O facto é que a pele dele já começa a demonstrar algum envelhecimento e flacidez daí estar sempre de olho em produtos para que lhe façam algum tipo de hidratação para que tente retardar um pouco, ainda mais rugas. Gostei imenso do post. Beijinhos <3

    www.carolinafranco.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, os casos mudam imenso de pessoa para pessoa! No caso dele, é mesmo uma boa opção apostar fortemente na hidratação!
      Beijinhos

      Eliminar
  14. Que post excelente, mesmo! Acho que realmente o mais importante é hidratar a pele e não dispensar do protetor solar. Continua com os excelentes posts. <3
    Beijinhos, www.thefancycats.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hidratação é a palavra-chave na prevenção das rugas! Obrigada, querida!´
      Beijinhos

      Eliminar
  15. Bem, dizem que quanto mais cedo usarmos cremes de tratamento, é melhor né. Mas tem uns cremes que são até 25 anos, outros até 30 anos...enfim. Eu tento pesquisar muito sobre o assunto quando vou usar qualquer coisa do tipo. Mas no momento o que esta ajudando muito a pele é beber 2 litros de agua por dia. Minha pele mudou MUITO ♥ Uma forma natural e gratuita. Bjs
    www.blogflorescer.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estas soluções naturais são sempre as melhores e são muito mais baratas! Beber água é, sem dúvida, a melhor opção!
      Beijinhos

      Eliminar
  16. Merci, minha querida :D
    Também fiquei de boca aberta quando soube disso :o

    NEW CITYBREAKS POST | AZORES: FURNAS, FUMAROLAS, THE SMELL AND THE TYPICAL DISH. <3
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  17. Gostei muito deste post Mariana, eu só começei a usar cremes aos 22 anos praí, atualmente tenho 24
    mas é como na maquilhagem - cada vez mais se vê meninas com 6/7 já maquilhadas, as mães acham isso bonito, ok respeito, mas e a infância delas? vai ser maquilhagem?
    eu só começei a usar maquilhagem com 21, 22 prai...foi pouco antes de ter criado o blog.
    mas pronto, são opiniões <3 beijinhos
    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, estas situações acabam por ser um pouco influenciadas pela opinião de cada um, daí ter trazido a opinião de especialistas!
      Beijinhos

      Eliminar
  18. Gostei do teu post e acho que existe um tempo para tudo :)

    Existem cremes indicados para cada idade e não há necessidade de sobrecarregar a pele com produtos que não são necessários.

    Eu comecei a usar anti-rugas apenas na idade indicada para isso e a minha pele não podia estar melhor ;)

    Mais importante que usar cremes que nem sequer são indicados, é limpar e hidratar a pele correctamente e de acordo com o seu tipo e problemas!

    Beijinho e continuação de uma boa semana <3
    http://demantanosofa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente com tudo o que disseste! Obrigada pela tua opinião! Beijinhos

      Eliminar
  19. Sinceramente sou da opinião que devemos ter sempre cuidados com a nossa pele, mas a partir dos 25 os cuidados mudam. Existem cremes específicos para cada idade. Por algum motivo não é?
    As pessoas precipitam-se demasiado.

    Beijinhos,
    Melissa Sousa
    OS MEUS VESTIDOS PREFERIDOS DO MOMENTO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é importante cuidar sempre da pele, mas perceber quais os cuidados que se adequam é ainda mais importante! Beijinhos

      Eliminar
  20. Comecei a usar anti-idade com 25... mas era específico pra idade.

    O Blog da Fênix agora é Cobaia Amiga! Para comemorar a mudança estou sorteando um presentinho para uma leitora lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/01/sorteio-kit-cabelos.html

    ResponderEliminar
  21. Li esta publicação e, como esta é a minha área de especialização, não podia "ficar calado". Aquilo que dizes aqui é uma reflexão bastante interessante e bem verdadeira. As pessoas estão a ficar cada vez mais preocupadas precocemente com o envelhecimento. Devido aos media? Possivelmente. Devido aos digital influencers? Sem dúvida.

    O maior e melhor antienvelhecimento que podemos fazer em tenra idade (entenda-se, adolescência e até aos 20 e muitos) é um bom hidratante de acordo com o nosso tipo de pele (de preferência com ácido hialurónico e vitamina C, caso não haja sensibilidade à mesma) e um bom protetor solar. Estes são dois produtos cruciais para cuidar da nossa pele. A partir dos 30, concordo em que deve haver alguma preocupação com rugas - rugas de expressão maioritariamente. Utilizar produtos com compostos que vão preencher rugas profundas, quando nem uma única ruga tem, é uma ideia errada e um desperdício de dinheiro, pois não vão ver resultados, pois não há motivos para eles aparecerem :)

    Este teu texto deveria tornar-se viral, pois opiniões destas são necessárias. Qual a razão de pessoas nos 20 e poucos, ou até mesmo antes dos 20, se estarem a preocupar com rugas? A menos que tenham algum tipo de patologia (que, para isso, deve ser controlada por um médico), não vejo necessidade nenhuma nisso. Tal como já disse: um bom hidratante, um bom protetor solar e limpar bem a pele de manhã e à noite repetir, mas sem o protetor solar. Por vezes, menos é mais ;)

    Beijinhos,
    Ricardo, www.opinguimsemasas.pt

    ResponderEliminar

Thank you so much!