In Learning&Concepts Money Tips

5 Coisas que Tens de Saber sobre a Black Friday


Olá!
      Hoje, dia 24 de novembro, provavelmente muitos dos que estão a ler esta publicação já fizeram uma pequena visita ao shopping mais perto para ir espreitar as promoções no âmbito da Black Friday... e se ainda não o fizeram, devem estar a pensar ainda em fazê-lo. Estou certa ou não? É muito provável que sim, pois esta tradição norte-americana tem movido multidões nos países capitalistas por todo o mundo fora, já há alguns anos. Mas já alguma vez pararam para pensar: afinal, a Black Friday é o quê? De certeza que tem algum motivo de existência, mas qual será? São essas as perguntas a que vou tentar responder hoje, ao contar-vos as 5 coisas que têm mesmo de saber sobre este dia.

"Sexta-feira Negra" é, afinal, um nome positivo!

É verdade! Apesar de muitas vezes a cor preta ser conotada de forma bastante negativa, algumas teorias financeiras utilizam esta cor para se referirem a períodos económicos positivos. Sendo a Black Friday o dia que inicia a corrida às compras da época natalícia, é natural que esteja imediatamente associada ao lucro e ao consumismo no seu estado mais puro. Ou dito de outra forma, as compras geram dinheiro e não há nada que nos faça ter mais vontade de comprar do que as promoções da Black Friday.

Mas, atenção, este é o significado mais recente, pois a Black Friday já foi também o nome dado a uma das maiores crises americanas vividas neste mesmo dia.

Os descontos não ficam só pela sexta-feira!

Na segunda-feira que se segue, é celebrada a Cyber Monday, isto é, um dia única e exclusivamente dedicado ao comércio online, como devem perceber pelo nome. O que começou por ser uma estratégia de Marketing para chamar a atenção dos consumidores às lojas online, é agora um dia que movimenta muito mais dinheiro do que alguma vez era esperado em 2005, a data da sua criação.

Não compres nada na Black Friday!

Esta é a premissa principal de um movimento anti-consumista criado nos Estados Unidos da América para combater os excessos da Black Friday. Para os seguidores desta ideia, o Buy Nothing Day ocorre exatamente no mesmo dia da Black Friday já há mais de 25 anos. E para os apologistas do não consumismo aqui em Portugal? O mesmo movimento já começa a nascer para este lado do Oceano, por isso mantenham-se atentos...

Serão mesmo descontos?

A ideia pressuposta dos consumidores de que "os descontos da Black Friday são uma boa forma de poupança" fez com que muitas lojas optassem por técnicas menos éticas para aumentar o seu lucro. Os descontos estão efetivamente lá, os preços iniciais é que muitas vezes aumentam de modo a que o lucro se mantenha igual. Segundo um estudo americano, 17% dos produtos veem o seu preço ser aumentado neste dia, sendo que existem mesmo casos onde o preço pago com desconto durante a Black Friday é mais elevado do que o preço sem desconto pago num outro dia. Devido ao aumento deste fenómeno, muitas países estão a adotar selos que comprovem a veracidade dos descontos.

A Black Friday NÃO é o maior dia de compras do ano!

Ao contrário do que muitas vezes se pensa, não é na Black Friday que se verifica o maior consumo do ano, mas sim uns dias depois... no sábado anterior ao dia de Natal! Afinal, aqueles que gostam de deixar tudo para a última da hora são bem fiéis à sua tradição.

       Estes 5 factos são importantes para que compreendam um pouco melhor a essência e o significado deste dia dedicado ao consumismo. Como nota final, queria apenas dizer-vos que é preciso ter muito cuidado com o que se compra neste dia, pois nem tudo vale a pena, independentemente de custar 1€ ou 500€... escolham o que precisam e aproveitem bem os descontos que realmente forem fidedignos. Acima de tudo, não se esqueçam de que, no final de contas, é o consumidor que tem o poder de decidir se compra ou não - não deixem que a situação se inverta.
       Se ainda vão aproveitar os descontos deste dia, deixo-vos aqui o meu post do Facebook com as melhores propostas para a Black Friday.

xoxo,


Related Articles

6 comentários:

  1. Não gosto da Black Friday honestamente, gosto de comprar com calma. As compras funcionam como que uma terapia para mim e acho que perdia esse significado se andasse à "batatada" por causa de uma peça com roupa. Prefiro aproveitar os saldos logo após o Natal. :)

    https://strawberryafternoons.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por isso é que costumo fazer as minhas compras bem cedo e em locais que sei que não vão ter muita gente... pois nesse ponto sou como tu, gosto de ver tudo com calma!
      Beijinhos

      Eliminar
  2. confesso que não comprei nada na black friday, e não acho os descontos assim tão apelativos (:

    http://arrblogs.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, existem lojas que acabam por não fazer nada de especial! Mas, para peças mais caras, até uns meros 20% fazem a diferença
      Beijinhos

      Eliminar
  3. É certo que a Black Friday está mais virada para Black Fraude, tantas coisas que eles aumentam o preço uma semana antes para depois "baixar".
    Pode até haver algumas lojas que realmente baixem os preços, mas há tantas outras em que é tudo fachada :\

    Beijinho
    abriga-tecomigo.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá isso é verdade... por isso é que costumo ter tanto cuidado quando ando às compras neste dia! Beijinhos

      Eliminar

Thank you so much!