In Travelling

Get to Know: Bacalhôa Buddha Éden

 
Olá!
       Há algumas semanas trouxe-vos algumas publicações a contar a minha viagem a Barcelona e a Madrid, mas hoje venho mostrar-vos um sítio onde podem viajar dentro do nosso país, um sítio perfeito para uma escapadela de um dia onde te sentes um verdadeiro turista, tal como se estivesses a viajar. Para além disso, é um sítio que transmite calma, paz e sossego: as três qualidades necessárias para termos um dia bem relaxante e, se forem como eu, vão de certeza apreciar o carácter fotogénico deste jardim, onde todas as fotos ficam tão bonitas! Ora vejam por vocês!
 





      
       O Bacalhôa Buddha Éden situa-se na Quinta dos Loridos, no Bombarral. A entrada são 4€ que permitem a entrada no parque desde as 9h até às 17h30, podem ainda fazer um passeio de comboio que são 3€ adicionais. Basicamente, no Buddha Eden podem apreciar 3 lagos enormes, jardins gigantes cheios de árvores e flores e esculturas de todos os tipos e feitios, desde budas até arte contemporânea. Para além disso, podem ainda visitar um anfiteatro grego e um pequeno labirinto rodeado por bambu. Como podem imaginar, é um espaço bastante exótico que se desenquadra completamente dos típicos parques portugueses, o que apenas ajuda a melhorar aquela sensação de "viajar".







 
       Durante anos ouvi falar sobre este parque e sempre tive uma curiosidade enorme em conhecê-lo, pois sabia que a sua excentricidade se iria adequar bastante bem a mim. Não estou nada arrependida desta visita, adorei cada parte e gostava de ter passado lá mais tempo pois nem tive oportunidade de conhecer todos os cantos dos jardins. Sinceramente, acho a entrada bastante barata dada a imensidão do parque e comparando à maior parte dos parques deste tipo fora de Portugal, que são bastante mais caros.

 




 

       Deixo-vos ainda algumas dicas se quiserem visitar também o Buddha Éden:
  • Tentem chegar ao parque o mais cedo possível pois dada a imensidão dos jardins, quanto mais tempo tiverem para visitar, melhor será;
  • Escolham dias que não tenham grande afluência, pois as filas, tanto de entrada como no parque em sim, tornam-se enormes;
  • Utilizem calçado confortável pois irão passar por terra, pedras e jardim;
  • Se passarem alguma refeição no parque, levem comida de casa numa mochila junto a vocês pois o parque não tem muita variedade no que toca à alimentação e geralmente tem grandes filas.

 
       Espero que tenham gostado de conhecer o Bacalhôa Buddha Éden. Eu adorei esta visita e aconselho-vos imenso a fazerem-na também. Já alguma vez cá vieram? Se sim, contem-me nos comentários!
 
xoxo,
 
M.


Related Articles

0 comentários:

Enviar um comentário

Thank you so much!