In Learning&Concepts

Fast Fashion

Olá!
       Hoje venho falar-vos de um conceito: Fast Fashion. Quero explicar-vos o que é e alertar-vos para este fenómeno que está a tomar proporções desmesuradas, para que no fim possam tomar as vossas próprias conclusões sobre esta situação.
       De uma forma muito geral, Fast Fashion é um padrão de produção no qual os produtos são fabricados, consumidos e descartados de forma rápida. Ou seja, é um modelo de comercialização onde as lojas são abastecidas com produtos, vendidos a baixo preço, de coleções que se renovam várias vezes ao ano (mais do que as típicas coleções de mudança de estação). E todos nós, inclusive eu, somos consumidores deste tipo de moda dado que podemos comprar muito mais sem gastar muito dinheiro no geral. Lojas como a Zara, a Forever 21, a H&M, a Bershka, a Pull&Bear, a Primark (apenas para dizer as mais conhecidas) praticam este tipo de negócio, sendo que por exemplo a Zara faz uma nova coleção a cada 15 dias.

      
Vamos então pesar as vantagens e as desvantagens:

Vantagens:
  • Maior variedade de produtos;
  • Peças constantemente atualizadas conforme as tendências da época;
  • Menos produtos em stock nas lojas;
  • Preços mais acessíveis, sendo que podemos comprar mais produtos sem gastar uma grande quantidade de dinheiro;
Desvantagens:
  • Produtos com muito menor qualidade (daí a constante necessidade de renovar os produtos que, independentemente da estação, são sempre trendy);
  • Perda da identidade da marca, pois esta deixa de ter um estilo predefinido;
  • Dificuldade em fabricar os produtos de maneira responsável, ou seja, pagando os devidos impostos, respeitando todos os direitos dos trabalhadores e as regras ambientais. Daí a maior parte das empresas praticarem estratégias de relocalização dos vários segmentos da sua produção, fabricando as suas peças em países como o Bangladesh, o Camboja, ou seja, países com mão-de-obra barata e uma grande facilidade laboral.
      De modo geral, já não existem produtos ao alcance da maioria da população que sobrevivam a este fenómeno, pois até umas calças pretas (uma peça intemporal) não duram mais de um ano no nosso armário devido à qualidade do produto. Neste outono/inverno, as tendências que mais marcadamente demonstram este conceito são os tecidos plissados, os veludos, os slip dresses, a cor rose gold, os metalizados, entre outras coisas.

           
(sneak peek das minhas últimas compras: veludo e plissado)

       Para concluir, gostava que dessem a vossa opinião sobre este assunto. São a favor ou contra a Fast Fashion? E porquê?

xoxo,

M.

Related Articles

0 comentários:

Enviar um comentário

Thank you so much!