In Looks

Sweet 17

Olá!
       No último sábado completei as minhas 17 primaveras e quis partilhar com vocês o melhores momentos desse dia. Cada vez que festejo o meu aniversário considero essa data como um recomeço, uma oportunidade para me tornar na melhor versão de mim mesma e de ser ainda mais feliz. É óbvio que ansiosamente já espero os 18 anos, mas tento ao máximo aproveitar cada dia dos meus 17 pois sei bem que o tempo passa a correr e não há nada de que me arrependerei mais do que não viver cada segundo da minha vida como se fosse o último. Todos nós passamos a semana à espera de sexta-feira, o ano à espera das férias e esquecemo-nos que o tempo já nos escapa das mãos naturalmente e pior é quando não o aproveitamos.
       Tudo o que aqui escrevi é, sem dúvida, uma lição para mim própria mas todos nós vamos sempre a tempo de aproveitar as 24 horas do nosso dia da melhor maneira. E dito isto, aqui fica a forma como sorri durante as 24 horas do meu aniversário.






 


 
Macacão: Mademoiselle R (La Redoute)
 
 
 
 
xoxo,
 
M.

Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Cooking

Cook With Me: Cupcakes

Olá!
       Para os mais gulosos, para os que gostam de cozinhar ou simplesmente para aqueles que querem dar cartas na cozinha sem muitos esforços, aqui vai a receita pela qual me guio para fazer cupcakes! É uma receita que tem tanto de simples como de delicioso.

Ingredientes:
  • 3 ovos
  • 1 chávena de açúcar
  • Meia chávena de margarina derretida
  • Meia chávena de leite
  • 1 colher de chá de aroma de baunilha
  • 1 chávena e meia de farinha de trigo
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó
Preparação:
      
       Vamos começar por separar a gema e a clara dos ovos. Numa taça, batemos as claras em castelo e noutra juntamos as gemas e o açúcar e misturamos até esbranquiçar. De seguida juntamos a esta última taça a margarina derretida, o leite, o aroma de baunilha e a farinha de trigo (aconselho-vos a misturar o fermento com a farinha para ter a certeza que os cupcakes vão crescer por igual) e envolvemos tudo. Para terminar a massa juntamos as claras batidas em castelo.
       Numa forma de cupcakes (a minha é inventada como podem reparar mas serve na perfeição) colocamos as formas de papel que preenchemos com a massa (mais ou menos 3/4 da forma tem de ficar preenchida). Para terminar, levamos os nossos cupcakes ao forno pré-aquecido a 180°entre 25 a 30 minutos.







E agora, que tal enfeitar?
     
      Geralmente enfeito os meus cupcakes com natas batidas que coloco em forma de espiral com o auxílio do meu saco de pasteleiro improvisado, ou seja, um saco de plástico cortado na ponta. De seguida coloco pedaços de chocolate para os mais gulosos, côco ralado para os mais simples ou bolacha triturada para os mais tradicionais.



 

Espero que gostem da receita mas que acima de tudo se divirtam a fazê-la! Partilhem comigo os vossos resultados e se souberem algum truque não hesitem em partilhá-lo!

xoxo,
M.

Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Personal

Trabalho de Verão: Prós e Contras

Olá!
       Finalmente estou quase a acabar o meu mês de trabalho na LaRedoute e decidi partilhar com vocês a minha experiência porque imagino que muitos, tal como eu, não sabem se realmente vale a pena ou não passar o verão a trabalhar. Na minha opinião, independentemente do quanto custe, iremos sempre "tirar frutos" do trabalho, principalmente na adolescência. Let's take a look...
       A parte negativa baseia-se no facto de veres os teus amigos a aproveitarem o verão: a irem à praia, à piscina, a viajar; enquanto tu tens de ir para o trabalho... E esta é sem dúvida a parte que mais custa, no entanto, se tiverem a sorte de arranjar um trabalho com um horário flexível podem vir a ser capazes de coordenar o trabalho com as vossas férias! Para além disso, em vez de utilizares as tão desejadas férias para descansar acabas por te cansar ainda mais, ou porque se dorme poucas horas ou até porque o próprio trabalho é esgotante. E então, todo este sacrifício vale a pena?
       Existem imensos pontos positivos e todos nós os conhecemos bem, é apenas uma questão de nos mentalizarmos da importância de cada um. Seja o salário que nos tornará mais independentes (como foi o meu caso já que vou utilizar o dinheiro para pagar a minha carta de condução), seja a experiência que este tipo de trabalho nos traz, não só para o currículo como também para a vida em geral.
       Um trabalho de verão é um "abre olhos" e nenhum adolescente pode negar isso, é como ter uma pequena visão do nosso futuro ou então uma visão daquilo que não queremos ver no nosso futuro. Pode ser algo que nos deixa exaustos temporariamente mas que nos irá motivar a longo prazo, que nos fará querer ser a melhor versão de nós mesmos, de darmos tudo o que temos. Pelo menos foi assim que foi para mim e vendo agora o mês que passou posso afirmar que sinto que aprendi, que cresci, que mereço a recompensa pelo meu esforço e acho que isto é algo que todos nós deveríamos sentir. Se tiveres oportunidade, pensa num trabalho como algo a ponderar para o próximo verão e prometo que se deres o melhor de ti mesmo não te irás arrepender.

Se tinham dúvidas sobre este tema como eu tinha espero ter ajudado e mais perguntas façam-nas com o maior à vontade do mundo.

xoxo,
M.

Read More

Share Tweet Pin It +1

4 Comments

In Looks Travelling

Go Green: Picnic Day

Olá!
       Com o calor a apertar e um fim de semana prolongado para preencher pensei em passar um dia a respirar a calma que a natureza me pode trazer, e um piquenique num dos mais bonitos parques de merendas da minha zona pareceu-me a ideia perfeita. O Pisão, na Bajouca (Leiria), surpreende-me cada vez que o visito, quer seja pela água límpida que corre pela ribeira ou pela beleza peculiar de cada paisagem. A luz estava perfeita, o vento estava calmo e eu sentia-me num cenário saído de um conto de fadas, mas a beleza das imagens fala por si.







 
Photographed by Beatriz Vicente (@born2.travel)
 

Um piquenique na floresta é must para um verão tão quente como este.

xoxo,
M.

Read More

Share Tweet Pin It +1

2 Comments

In Travelling

Travelling: Porto Edition

Olá!
       Como já devem saber pelas redes sociais, o meu último fim-de-semana foi passado numa das cidades mais bonitas de Portugal, o Porto. Apesar do calor que dificultou um pouco a viagem, nada me impediu de andar kilómetros pela cidade, a ser turista no meu próprio país.
       Comecei a viagem na Sé, passando pela maravilhosa Estação de São Bento até à dolorosamente lindíssima Torre dos Clérigos (com as suas centenas de degraus que valem todo o esforço), onde também pude, aí perto, desfrutar da típica francesinha! Continuei a tarde na Livraria Lello onde me senti uma autêntica criança numa loja de doces e passei ainda pelo Palácio da Bolsa tornando-me numa apaixonada por tetos. O sábado acabou com um passeio junto ao rio sob a noite estrelada.
       No domingo, depois de um daqueles pequenos-almoços dignos de reis no hotel, maravilhei-me com o Museu Nacional de Soares dos Reis e com os Jardins do Palácio de Cristal, acabando esta viagem ao Porto com a minha amada Casa da Música. Agora não vejo a hora de voltar e sentir outra vez a felicidade que o Porto me deu.

at Estação de São Bento
 
 
at Torre dos Clérigos
 
 
at Livraria Lello
(look at my fucking happy face, such a bad photo)
 
 

at Palácio da Bolsa
 
 

at Museu Nacional de Soares dos Reis
 
 

at Jardins do Palácio de Cristal
 
 
Podem ver mais fotos no meu instagram (@surelynotmary)!
 
xoxo,
M.

Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

In Looks

Beach Essentials

Olá!
       Não há melhor forma de começar o belo mês de agosto do que com um post dedicado à praia, pois não há melhor sensação do que estar deitada na areia, a ouvir as ondas e a apanhar banhos de sol. Infelizmente, por estar a trabalhar, a minha única praia tem sido o meu relvado (o que não é nada mau, aliás!). Therefore queria mostrar-vos os meus essenciais tanto para a praia como para os banhos de sol no relvado como é o meu caso!
       Primeiro, não há nada mais essencial do que um fato de banho ou um biquíni e estes são os meus favoritos do momento:
 


Fato de banho: LaRedoute (Somewhere)
Biquíni: Pull & Bear


       A seguir, os óculos de sol e o chapéu não são só apenas acessórios que tornam o nosso look de praia muito mais interessante como também são bastante importantes para nos proteger dos raios solares.
 

       A minha novidade deste verão é a minha toalha, a qual estava ansiosa por vos mostrar! É uma toalha simples que se dobra numa mala para a levarmos mais facilmente, para além de ser lindíssima é super útil! Podem encontrar este modelo de toalhas de praia em lojas de artesanato.
 



       Por fim, e talvez o mais importante, devemos proteger a nossa pele antes, durante e depois de uma exposição ao sol. Para além do típico protetor solar (e este, na minha opinião tem de ser uma escolha pessoal que se adapte à pele de cada um), tenho outras sugestões para vocês.


Da esquerda para a direita: FotoUltra 100 ISDIN, para a prevenção de manchas (vendido em farmácias), Vasenol Cocoa Radiant, um creme bastante hidratante para usar diariamente, Yves Rocher Protectyl Vegétal, um creme hidratante pós-praia com um cheiro maravilhoso!
Boas idas à praia!


xoxo,
M.
 

 

Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments

Thank you so much!